+55 12 3642 9006

Todos os posts

Mercado Eólico Offshore – A corrida pelos ganhos de competitividade

Apesar do grande otimismo com relação à geração de energia eólica offshore no mundo, os elevados custos para estudos de prospecção, construção e operação ainda são o maior entrave para acelerar a expansão de projetos, haja vista a demanda tecnológica dos equipamentos e a complexidade para a fundação e instalação de torres eólicas em ambientes marinhos. Por isso, os investimentos em tecnologia são elementos centrais para elevar a competitividade dos parques offshore, principalmente em países com abundância de recursos renováveis, como o Brasil.

Segundo o IRENA (International Renewable Energy Agency), os avanços na tecnologia de turbinas eólicas, a formação e otimização de cadeias locais e regionais de suprimentos e o forte apoio político e regulatório têm resultado em um pipeline de projetos cada vez mais competitivos. A indústria tem buscado aerogeradores eólicos especialmente projetadas para o setor offshore, de maior capacidade, maior altura de rotor e pás mais longas.

Em comparação aos projetos onshore, os parques eólicos offshore têm custos totais de instalação muito mais altos, a começar pelos custos de planejamento e desenvolvimento. Por outro lado, ao mesmo tempo que apresentam melhor fator de capacidade, projetos offshore trazem a vantagem das economias de escala, o que significa que alguns desses custos não são desproporcionalmente maiores do que no caso das onshore, caso dos Sinalizadores de Obstáculos Aéreos produzidos pela DBTEC, obrigatórios por norma tanto no onshore quanto no offshore.

O outro custo que precisa ser considerado é aquele relacionado aos ativos de transmissão para transporte da energia dos parques offshore ao continente. A competitividades das plantas também dependerá da alocação desses custos, que varia de acordo com o país. Em alguns casos, os ativos de transmissão são de propriedade do proprietário da rede de transmissão nacional ou regional, e em outros casos tais custos devem ser incorporados pelas offshore aumentando ainda mais o custo da energia.

Com isso, os parques eólicos offshore ainda representam uma das tecnologias renováveis mais caras na geração de energia. Buscar soluções que entregam um ótimo custo-benefício a médio e longo prazo pode ser um fator preponderante para ganhar competitividade no mercado e garantir a realização de um ótimo negócio.

A DBTEC atende os principais montadores mundiais de turbinas eólicas do mercado onshore e está preparada para atender o mercado de geração de energia eólica offshore com Balizas/Sinalizadores de obstáculos, Painéis Elétricos e Chicotes Elétricos Complexos, com a mesma segurança, confiabilidade e parceria.

Conteúdo do post

Sumário

Compartilhe

Posts recentes